CATI, Senar e Sindicato Rural realizam curso de compostagem em Mogi das Cruzes

A CATI Regional Mogi das Cruzes, o Sindicato Rural e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) organizaram, nos dias 30 e 31 de janeiro, e 13 de fevereiro, um curso sobre compostagem, dentro do módulo do Programa de Olericultura Orgânica do Senar.

Com um grupo de 16 participantes, entre produtores e interessados no tema, a capacitação foi realizada na sede da Regional da CATI. “O objetivo da atividade foi capacitar os participantes para a elaboração de um composto orgânico, a partir de resíduos disponíveis na propriedade rural, enriquecendo-os de modo a torná-los passíveis de serem utilizados na produção agrícola, melhorando a disponibilidade de nutrientes no solo e promovendo a sustentabilidade ambiental”, explica a zootecnista Dayla Ciancio, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, que atua na CATI Regional Mogi das Cruzes.

Entre os temas abordados, tiveram destaque o reconhecimento de matérias-primas disponíveis na propriedade; etapas do processo de compostagem; fórmulas de compostos; escolha do local para preparo do composto; preparo do inoculante; preparo do composto; montagem da pilha; maturação do composto; e utilização do composto. “Durante o curso ficou claro que a técnica é de certa forma simples e pode ser adotada por qualquer um dos participantes, que o custo de produção é relativamente baixo e o resultado é um material que tem condições de ser amplamente utilizado na propriedade, melhorando as qualidades físicas, químicas e microbiológicas do solo”, avalia Dayla.

       

Para Felipe Monteiro de Almeida, diretor da CATI Regional Mogi das Cruzes, a parceria entre o Senar, o Sindicato Rural e a CATI é benéfica para todos os envolvidos, tanto instituições como produtores rurais. “Após os cursos, os técnicos das Casas da Agricultura continuam acompanhando os produtores capacitados com atividades e orientações técnicas periódicas”.  

Para Gley Rosa Filho, proprietário de um haras em Arujá, o curso foi abrangente. “Com as informações técnicas obtidas, agora vou aproveitar de maneira mais correta o esterco dos animais do sítio. E ainda vou providenciar uma análise de solo, para identificar qual é a melhor formulação para as minhas plantações”.

Arquiteta de Mogi das Cruzes, a participante Edna Lucy, que possui uma chácara em Santa Isabel, aprovou a programação. “Eu fiz o curso no lugar do meu marido, que não pôde participar. Não conhecia o assunto, mas saí da atividade com muitas informações. Há cerca de 15 anos consumo hortaliças orgânicas e, agora, com esse conhecimento em compostagem e com o espaço que tenho na chácara, pretendo começar a cultivar e até comercializar o excedente da minha produção. O curso foi incrível, pois pudemos colocar em prática o que aprendemos na teoria. Quero deixar registrado que os técnicos da CATI e do Senar são excelentes e fomos muito bem recebidos na sede da CATI, aqui em Mogi das Cruzes”.

Mais informações: (19) 3743-3870 ou 3743-3859

jornalismo@cati.sp.gov.br